Semana Teológica

A Semana Teológica faz parte do calendário acadêmico anual da Faculdade Batista do Cariri e visa ser um fórum para divulgação das pesquisas de professores e alunos. O evento também conta com a presença de conferencistas convidados e promove a realização de Simpósios Temáticos e Mesas Redondas. É também durante a Semana Teológica que ocorrem as defesas dos Trabalhos de Conclusão de Curso dos alunos da faculdade.

O Seminário Batista do Cariri não disponibilizará refeições ou acomodações para os inscritos na V Semana Teológica. A inscrição dá direito às palestras e minicursos (estes com vagas limitadas).

Hotéis sugeridos:

  • Pasargada Parque Hotel - Av. José Horácio Pequeno, 1600, Crato - CE (como chegar)
  • Hotel Encosta da Serra - Av. Dr. Pedro Felicio Cavalcanti, 1898, Crato - CE (como chegar)
  • Hotel Verdes Vales - Av. Plácido Aderaldo Castelo, S/N, Juazeiro do Norte - CE (como chegar)
  • Hotel Villa Real - R. Bárbara de Alencar, 694, Crato - CE (como chegar)
  • Iu-á Hotel - Rua Arnóbio Barcelar Caneca, 800, Lagoa Seca, Juazeiro do Norte-CE (como chegar)
  • Hotel Brisa da Serra - Rodovia Ce - 292 Km 202, Crato-CE (como chegar)

V Semana Teológica

Reforma Protestante: Teologia e História

Horário

  Segunda Terça Quarta Quinta
8h-9h45   Minicursos Minicursos Minicursos
9h45-10h15   Intervalo Intervalo Intervalo
10h15-12h30   Simpósio Temático Simpósio Temático Simpósio Temático
12h30-14h30   Intervalo Intervalo Intervalo
TARDE LIVRE
19h-21h30  Palestra Palestra Palestra Palestra

Minicursos

ENTRE A REFORMA E O ESCÂNDALO: TEMAS CONTROVERSOS NOS ESCRITOS DE LUTERO
Ms. Daniel Simões/Ms. José Marques

A história da reforma protestante confunde-se com a trajetória de Martinho Lutero. Não por acaso, a publicação das suas famosas 95 teses em 1517 é tomada como marco inicial daquele movimento. Carismático e controvertido, Lutero foi em sua própria época idealizado por uns e demonizado por outros, algo que perdura, em larga medida, até hoje. Tendo em vista sua importância para a história da reforma e, ao mesmo tempo, sua complexidade, o presente minicurso pretende discutir temas controversos nos escritos do reformador alemão, com destaque para a sua relação com a filosofia, o matrimônio, as revoltas camponesas e os judeus.

APONTAMENTOS SOBRE A MEMÓRIA INSTITUCIONAL BATISTA REGULAR
Pr. Marcos Perin
Observar-se-ão as influências e princípios fundantes que, de alguma maneira, ajudaram a formar a doutrina, hermenêutica e a prática litúrgica dos Batistas Regulares. Chamamos memória porque nem sempre tais parâmetros estão claros na forma de alguma confissão de fé, mas que nem por isso são menos reais e perceptíveis em nosso grupo. Escolhemos quatro assuntos que, segundo nossa visão, estão presentes na memória institucional movimento batista regular: o fundamentalismo, o dispensacionalismo, a autoridade do NT na eclesiologia e a música conservadora.

INTER-RELAÇÕES ENTRE RELIGIÃO E POLÍTCA E AS POSIÇÕES TEOLÓGICAS CONTEMPORÂNEAS
Esp. Erivan Carvalho (UFCG/FBC)

A partir de um borramento de fronteiras entre os elementos religião e política, em que os atores sociais e instituições se reconfiguram na contemporaneidade nesta relação público/privado, o mini curso busca evidenciar como o fenômeno global, nacional e regional das identidades religiosas procuram afetar os contextos públicos, assim sendo construído neste cenário uma ressignificação de práticas. Ao mesmo tempo, em que o palco destas relações entre religião e política estão se reconfigurando, analisa-se como posições teológicas conservadoras de autores díspares buscam orientar estas inter-relações da religião e política.

A TEOLOGIA DO PRAZER EM LUTERO
Esp. Marcos Paulo (FBC)

No mundo da Reforma aconteceu uma importante valorização das relações de ambos os sexos/gêneros. Vê-se em nos escritos de Lutero, o reconhecimento do matrimônio e da paternidade/maternidade frente a desvalorização do celibato. Ligado a isso, está uma nova concepção de corporalidade. A diferença entre homem e mulher e a atração mútua é uma boa obra de Deus. Por isso, cada um(a) deve honrar o(a) outro(a). A corporalidade e o sexo são dádivas de Deus, pelas quais se deve agradecê-lo. A vida responsável do ser humano também abarca sua corporalidade (DREHER, 1995, p.154).
Através do conceito de corporalidade, chega-se ao conceito de que prazer, ou seja, da experiência de profunda alegria que se manifesta através de uma sensação corporal deleitosa. Contudo, é importante ter o cuidado de não reduzir o prazer a determinadas coisas como entretenimento, a ingestão de alimento ou até mesmo o puro e simples ato sexual. Tudo isso pode fazer parte do prazer, mas este não se reduz a isso. Quando se age erroneamente, corre-se o risco de produzir uma visão irreal e ilusória (JESUS & OLIVEIRA, 2014, p.29).
A teologia de Lutero acolhe como divina a existência da corporalidade e da dinâmica do prazer. Nesse minicurso, trabalhar-se-á a atualidade e as dificuldades a que as ideias do reformador alemão expõe os atuais leitores de sua obra.