O Evangelho da compaixão diante do desafio de inclusão dos homoafetivos

Resumo

A igreja de Cristo sempre encontrou barreiras à pregação do evangelho, as quais estavam presentes não só no contexto externo, no mundo, mas também em seu próprio círculo. A questão de como fazer o evangelho chegar as pessoas que, na conjuntura social, são marginalizadas, ainda se projeta como uma sombra tentando eclipsar a proclamação das boas novas a estes grupos, tais como viciados, prostitutas e homoafetivos. O próprio Jesus obrigou-se a quebrar este roteiro costumeiro do convívio social ao relacionar-se com pessoas de reputação duvidosa, pecadores segregados, adúlteros, publicanos e samaritanos. Pessoas que no contexto social judaico não tinham oportunidades de envolver-se com a comunidade religiosa de sua época, e foram recebidas por Jesus, acentuando o fato de que o evangelho é voltado a conduzir o indivíduo ao relacionamento com Jesus. Em outras palavras, não é a mudança que leva ao relacionamento com Cristo, mas o relacionamento que leva a mudança.

Biografia do Autor

Vicente Ricardo Ferreira Leite, Faculdade Batista do Cariri
Pastor Batista, Mestre em Teologia pela FABAPAR, professor do Seminário Batista do Cariri.

Referências

BARCLAY, William. Palabras griegas del Nuevo Testamento: su uso y significado. El Paso: Casa Bautista de Publicaciones, Equipo Internacional E-Sword, 2009. (Arquivo digital)

DALLAS, J. A operação do erro: o movimento gay cristão. 1ª edição. São Paulo: Cultura Cristã, 1998

DAVIES, Bob, e RENTZEL, Lore. Deixando o homossexualismo: uma nova liberdade para homens e mulheres. São Paulo: Mundo Cristão, 1997

GALANI, Luan. Gazeta do Povo: Justiça anula cassação de psicóloga acusada de oferecer “cura gay”. http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/justica-anula-cassacao-de-psicologa-acusada-de-oferecer-cura-gay-efwfc6ynim1lv5q4rvx76kwge. Acessado em 28/8/2015.

LOPES, Adriana D. O pecador é para ser amado. Em Revista Veja, edição 2.420, ano 48, nº 14, de 8 de abril de 2015.

MOULTON, Harold K. The analytical greek léxicon revised. Grand Rapids: Zondervan, 1978

MÜLLER, Wunibald, Pessoas homossexuais. Petrópolis: Vozes, 2000.

ODIA. Psicóloga que propunha ‘cura gay’ tem registro cassado no Paraná. http://odia.ig.com.br/noticia/brasil/2014-05-23/psicologa-que-propunha-cura-gay-tem-registro-cassado-no-parana.html. Acessado em 28/08/2015.

REV. SAÚDE PÚBLICA. Homossexualismo e a classificação internacional de doenças. LAURENTI, R. Vol. 18. São Paulo

Publicado
2020-08-06